Memórias recolhidas, 2006

Projeto Pari
30 artistas na biblioteca (exposição coletiva)
“memórias recolhidas”, 2006
Intervenção
(desenho à grafi te e nanquim sobre as paredes internas do edifício)
Biblioteca Adelpha Figueiredo
Praça Ilo Ottani, 146

Este slideshow necessita de JavaScript.

Figuras desenhadas nas paredes.
Desenhos feitos a partir de fotos de família.
Fotografi as de minha mãe quando criança.
Meus avós se conheceram num baile de carnaval no antigo clube Lusitano, no bairro do Pari.
O clube não existe mais.
Os desenhos ainda estão lá, meio escondidos, nas paredes da biblioteca.

Os desenhos, feitos à nanquim,estão espalhados pela biblioteca inteira. Pálidos, se confundem às manchas de umidade que a
memória da água há quatro décadas desenha nas paredes.

Os desenhos conduziam o olhar atento para espaços banais. Minhas memórias de família, que nunca foram mesmo minhas,
me foram emprestadas, inscritas na parede, banais como as manchas. Em alguma hora a biblioteca será pintada.
Em alguma hora os desenhos serão apagados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s